Alice Cooper: Meu relacionamento pessoal com Jesus me salvou do alcoolismo.

image
 

“Eu cresci na igreja, fui o mais longe que pude – quase morri – e depois voltei para a igreja.”

 

Em entrevista ao jornal Confidential, do New York Daily News, o lendário roqueiro Alice Cooper disse que seu relacionamento pessoal com Jesus Cristo o salvou de seguir o caminho de Jim Morrison e Jimi Hendrix.

Cooper deu a entrevista uma semana antes da estréia da versão ao vivo da NBC de “Jesus Cristo Superstar”, estrelado por John Legend e apresentando Cooper como o Rei Herodes, o papel que ele desempenhou em 1996, quando registrou o que Andrew Lloyd Webber chamou de “definitiva”. “versão da “canção de Herodes”.

Enquanto Cooper conversava com o jornal sobre a nova produção, o que lhe valeu a manchete foi seu relato de sua jornada de um estilo de vida autodestrutivo no rock and roll por  37 anos, pelo qual o roqueiro agora, aos 70 anos, credita ao cristianismo.

“Tudo o que poderia dar errado estava se predendo dentro de mim”, disse ele. “Eu estava bebendo com Jim Morrison e Jimi Hendrix e tentando acompanhar Keith Moon e todos eles morreram aos 27 anos.”

Trinta e sete anos atrás, uma de suas bebedeiras o levou a um hospital, onde um médico o diagnosticou como um “alcoólatra”. Cooper disse ao Confidential que seu desejo de beber terminava naquele dia enquanto enfrentava a realidade de que ele deveria colocar a garrafa no chão ou morrer. Seu retorno às raízes cristãs o impediu de voltar ao seu estilo de vida insustentável.

“Meu pai era pastor, meu avô era um evangelista. Eu cresci na igreja, fui o mais longe que pude – quase morri – e depois voltei para a igreja”, disse ele.

“Não há nada no cristianismo que diga que eu não possa  ser uma estrela do rock”, disse ele. “As pessoas têm uma visão muito distorcida sobre o cristianismo. Elas pensam que é tudo muito correto, que nunca fazemos nada errado e estamos orando o dia todo e que somos de direita. Não tem nada a ver com isso. Tem a ver com uma relação pessoal Jesus Cristo “.

Parte do motivo pelo qual ele foi capaz de se manter na linha foi sua esposa, com quem se casou em 1976 e que também é cristã, e o compromisso do casal de ler a Bíblia e permanecer frequentando a igreja. Cooper disse que nunca foi infiel à esposa, realiza um estudo bíblico diário e freqüenta regularmente a igreja aos domingos.

O testemunho de Cooper sobre o poder da fé para combater o vício ecoa os ensinamentos do programa de vício mais proeminente e bem-sucedido do mundo, Alcoólicos Anônimos, que enfatiza a necessidade de colocar a fé como uma força superior em seus famosos doze passos:

  1. Admitimos que éramos impotentes perante o álcool – que tínhamos perdido o domínio sobre nossas vidas.
  2. Viemos a acreditar que um Poder Superior a nós mesmos poderia devolver-nos à sanidade.
  3. Decidimos entregar nossa vontade e nossa vida aos cuidados de Deus, na forma em que O concebíamos.
  4. Fizemos minucioso e destemido inventário moral de nós mesmos.
  5. Admitimos perante Deus, perante nós mesmos e perante outro ser humano, a natureza exata de nossas falhas
  6. Prontificamo-nos inteiramente a deixar que Deus removesse todos esses defeitos de caráter.
  7. Humildemente rogamos a Ele que nos livrasse de nossas imperfeições.
  8. Fizemos uma relação de todas as pessoas a quem tínhamos prejudicado e nos dispusemos a reparar os danos a elas causados.
  9. Fizemos reparações diretas dos danos causados a tais pessoas, sempre que possível, salvo quando fazê-las significasse prejudicá-las ou a outrem.
  10. Continuamos fazendo o inventário pessoal e quando estávamos errados, nós o admitíamos prontamente.
  11. Procuramos, através da prece e da meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, na forma em que O concebíamos, rogando apenas o conhecimento de Sua vontade em relação a nós, e forças para realizar essa vontade.
  12. Tendo experimentado um despertar espiritual, graças a estes Passos, procuramos transmitir esta mensagem aos alcoólicos e praticar estes princípios em todas as nossas atividades.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s